Simpex e Dasart vão lançar R$ 125 mi de VGV
Incorporadoras, que tiveram alta de 6,4% nas vendas em 2016, farão lançamentos em Fortaleza e no Eusébio. Com crescimento de 6,4% em vendas e 13% de receita total, em 2016, a Simpex e a Dasart Incorporações já têm planos traçados para continuar crescendo neste ano.
Foto: Divulgação
Simpex e Dasart vão lançar R$ 125 mi de VGV
Pelo menos três lançamentos imobiliários, que totalizam 183 unidades e um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 125 milhões, serão realizados pelas incorporadoras: dois deles em Fortaleza e um no Eusébio.

Dentre os lançamentos para este ano, uma das grandes apostas da Simpex e da Dasart Incorporações será um prédio localizado no Lago Jacarey, no bairro Cidade dos Funcionários, previsto para ser lançado no próximo mês de abril.

\"Esse é um projeto no qual nós estamos apostando bastante, pois não há muitos projetos de alto padrão no bairro, e ali existe uma demanda gigantesca\", destaca Vitor Frota, diretor executivo das incorporadoras. Na Capital, também será apresentado ao mercado neste ano um outro empreendimento, no bairro Cocó.

Já o Eusébio irá receber dois empreendimentos, que incluem 85 casas no total. \"Devemos estar lançando até setembro deste ano. Serão dois condomínios que nós vamos lançar juntos\", adianta o diretor executivo.

Motivos do crescimento

Ao bom desempenho da Simpex e da Dasart em vendas e receita no ano passado, o diretor executivo atribui planejamento e antecipação frente às dificuldades.

\"O mercado já vinha mostrando sinais disso dois anos antes. Nós fizemos um grande trabalho, selecionando os projetos certos para lançar, e não lançamos nada enquanto não houvesse uma certeza de que eles seriam vendidos\", destacou. Também contribuiu para o bom resultado de 2016 \"termos mantido não só os parceiros imobiliários, mas termos uma equipe própria de vendas trabalhando\".

Em relação à situação do mercado imobiliário projetada para este ano, o diretor executivo acredita que os piores momentos já passaram, tendo em vista \"a baixa dos juros e a crise política, que diminuiu bastante. Ainda há uma desconfiança política, porque não se sabe até onde vai a Lava-Jato. Se nós conseguíssemos tirar esse risco da balança, estaríamos mais confiantes de investir ainda mais\".

Frota também está otimista sobre a solução para o impasse relacionado aos distratos de imóveis. O setor imobiliário espera que o governo consiga a aprovação neste ano de uma proposta que regulamente a questão, para que a legislação sobre o assunto seja uniformizada no País.

Lançados

Dentre os empreendimentos revelados ao mercado ao longo do ano passado, está o Jazz Carolina Sucupira, na Aldeota. O residencial lançado no mês de dezembro com 22 apartamentos já está com mais de 50% de comercialização concluída. \"Isso nos dá confiança para seguirmos com o nosso planejamento\", ressalta Vitor Frota.

Também já está com mais de 50% das vendas realizadas o Jonas Cardoso Residence, localizado no bairro Cocó. O residencial também tem 22 unidades.

FONTE: Diário do Nordeste